O que é Retina

A retina é uma camada fina de tecido nervoso sensível à luz localizada no interior do olho. É o tecido que transforma luz em estímulo nervoso e o envia ao cérebro. Pode ser comparado a um filme numa câmera fotográfica. Sendo como uma tela para projetar as imagens enxergadas, que retém as imagens, traduzindo para o cérebro através dos impulsos elétricos enviados pelo nervo óptico ao cérebro.

 

Captura de Tela 2014-06-26 às 23.17.44

 

View Video

 

O que é Retina?

A Retina é uma das membranas do seguimento posterior do olho, que tem a função de transformar o estímulo luminoso em um estímulo nervoso e enviá-lo ao cérebro, para que as imagens sejam lidas. A membrana nervosa do olho é ligada desde o nervo óptico até a pupila. São dez camadas, dos quais se destacam o epitélio pigmentário que é a camada externa, e a camada sensorial, composta de foto-receptores.

O vítreo é um material gelatinoso que preenche quase todo o espaço intra-ocular. Quando o vítreo se separa da retina, em alguns olhos, pode haver uma rasgadura da retina, frequentemente pequenas e localizadas na região anterior. O único sintoma produzido por estas roturas são os “flashes” ou o início súbito de pontos flutuantes que deve ser examinado por um oftalmologista, que irá procurar cuidadosamente por uma rotura de retina.

O aparelho que possibilita que o médico oftalmologista examine a retina é o oftalmoscópio, que enxerga o fundo do olho. O estudo do fundo do olho serve como referência para enxergar duas estruturas importantes, que são a papila (“cabeça” do nervo óptico) e a mácula. A primeira corresponde ao ponto em que o nervo óptico se continua com a retina, enquanto que a segunda representa o ponto mais sensível de toda a retina. Na retina estão cerca de 120 milhões de foto-receptores, que são os cones e bastonetes, responsáveis por liberar moléculas neurotransmissoras a uma taxa que é máxima na escuridão e diminui de um modo proporcional com o aumento da intensidade luminosa.

Na retina pode ocorrer uma Patologia Ocular chamada Retinopatia Diabética, que é causada por pacientes que tenham diabetes. Isto se dá quando um material anormal é depositado nas paredes dos vasos sanguíneos da retina que é a região conhecida como “fundo de olho”. Isto causa o estreitamento e às vezes bloqueio do vaso sanguíneo, além de enfraquecimento da sua parede, o que ocasiona deformidades conhecidas como micro-aneurismas. Esta doença só pode ser diagnosticada pelo médico oftalmologista em um exame ocular completo e, após isso ser feito um tratamento adequado para solucionar o problema.

Lembre-se: Este artigo visa informar o público e não substitui avaliação por médico oftalmologista, que é o único profissional capacitado para realizar o diagnóstico preciso e indicar o tratamento mais adequado para cada caso. Portanto, não pratique a auto-medicação e procure sempre o seu médico

 

Agende sua consulta. 

Dr. Almyr Sabrosa

Médico-oftalmolgista pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia CBO, especialista Retina clinica- cirurgica FMUSP.

Dr.Renato Patuzzo

Médico-oftalmologista especialista pelo Conselho Brasileiro de oftalmologia, Pós-graduação pela PUC-RJ.


Lembre-se: O médico oftalmologista é o único profissional capacitado para realizar o diagnóstico preciso e indicar o tratamento mais adequado para cada caso. Portanto, não pratique a auto-medicação e procure sempre o seu médico.