Queimadura nos olhos

Veja alguns tipos de queimadura nos olhos

 

a) Queimadura química

As queimaduras químicas podem ocorrer tanto no ambiente de trabalho, para quem lida com produtos químicos, quanto em casa, geralmente através do descuido com algum produto de limpeza. Como medida de prevenção, os produtos de limpeza doméstica, fungicidas e pesticidas devem ficar fora do alcance das crianças e o contato das mãos com os olhos deve ser evitado. No ambiente de trabalho, os equipamentos de segurança (óculos e máscaras) devem ser sempre usados.

 

Captura de Tela 2014-06-26 às 22.48.34

 

As queimaduras químicas causam muita dor e podem trazer danos importantes para os tecidos oculares. Por isso, requerem atendimento médico oftalmológico imediato.

Em alguns casos graves de queimadura, os pacientes podem desenvolver uma insuficiência das células tronco da região do limbo do olho. Nestes casos, por vezes é necessário um Transplante de Células Tronco da Córnea.

 

CUIDADO: Alguns frascos de colírios para os olhos podem ser parecidos e serem confundidos com susbtâncias indesejáveis aos olhos.

 

Captura de Tela 2014-06-26 às 22.48.47

 

Como socorrer: os olhos devem ser lavados com água corrente, por pelo menos 20 minutos imediatamente após o contato com o produto químico. Em seguida, deve-se procurar um oftalmologista, se possível com o nome do produto que atingiu o olho.

 

b) Queimadura por solda elétrica:

Lidar com solda requer cuidado, pois fixar os olhos na luz produzida por ela sem o uso de óculos de proteção provoca uma queimadura que, apesar de não ser sentida de imediato, pode causar muito desconforto. Sensibilidade à luz, dor intensa, vermelhidão e lacrimejamento são sintomas que podem ser sentidos em até 12 horas após a exposição a este tipo de radiação.

 

Captura de Tela 2014-06-26 às 22.48.58

 

Como socorrer: consulte um oftalmologista para a prescrição do tratamento adequado. Em alguns casos utilizamos uma lente de contato com finalidade de acelerar a cicatrização e reduzir a dor e o desconforto.

 

c) Queimadura térmica

É causada pelo contato direto dos olhos com fontes de frio ou calor. Geralmente, lesam mais as pálpebras do que o globo ocular. O problema é que a pálpebra queimada sofre retração, o que reduz a proteção dos olhos.

Como socorrer: lavar os olhos com água corrente e procurar um oftalmologista o mais rápido possível.

 

O Instituto de Oftalmologia do Rio de Janeiro – IORJ ®, possui equipe médica especializada, com experiência no diagnóstico e tratamento das emergências oculares.

 

Saiba mais sobre Transplante de Células Tronco da Córnea

 

Lembre-se: Este artigo visa informar o público e não substitui avaliação por médico oftalmologista, que é o único profissional capacitado para realizar o diagnóstico preciso e indicar o tratamento mais adequado para cada caso. Portanto, não pratique a auto-medicação e procure sempre o seu médico

Agende sua consulta. 

Dr. Gustavo Bonfadini

Doutor em Oftalmologia e Ciências Visuais pela Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), realizou especialização de 3 anos em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Residência Médica em Oftalmologia pela Secretaria Municipal de Saúde – RJ. É especialista em Cirurgia de Catarata e Transplante de Córnea pela Universidade Federal do Paraná (UFPR). Fez Post-doctoral Research Fellowship em Catarata, Córnea e Cirurgia Refrativa pela Johns Hopkins University – Estados Unidos. Chefe do Setor de Córnea e Cirurgia Refrativa do Instituto de Oftalmologia do Rio de Janeiro – IORJ, atua nas áreas clínica e cirúrgica da oftalmologia geral, transplante de córnea, síndrome do olho seco, ceratocone, distrofia de Fuchs, conjuntivite, cirurgia a laser, lentes intra-oculares, cristalino e catarata.


Lembre-se: O médico oftalmologista é o único profissional capacitado para realizar o diagnóstico preciso e indicar o tratamento mais adequado para cada caso. Portanto, não pratique a auto-medicação e procure sempre o seu médico.