Vias Lacrimais

A obstrução das vias lacrimais é uma doença comum e os principais sintomas são o lacrimejamento excessivo, sensação de olhos constantemente úmidos (o que acaba “borrando” a visão) e infecções recorrentes da via lacrimal (dacriocistites).
A dacriocistorrinostomia (DCR) é a cirurgia realizada para a desobstrução do canal lacrimal a fim de resolver estes problemas.
As principais situações em que está indicada a realização da dacriocistorrinostomia são: presença de sintomas de obstrução do canal lacrimal que cause sintomas como lacrimejamento excessivo, olhos úmidos (epífora); infecções recorrentes ou crônicas do saco lacrimal (dacriocistites).
A cirurgia de um modo geral é simples. É feita uma pequena incisão interna (não será aparente) na cavidade nasal, a partir da qual será realizada a dissecção cuidadosa da região do saco lacrimal. Após a exposição do saco lacrimal, ele é então aberto e uma fina sonda de silicone (com menos de 1 mm de espessura) é posicionada e fixada no interior da cavidade nasal. Esta sonda permanecerá no interior do nariz por cerca de quatro semanas e depois retirada no consultório médico do otorrinolaringologista (procedimento este que não traz qualquer desconforto ao paciente).

É muito importante ressaltar que a avaliação inicial do paciente com lacrimejamento deve ser feita pelo médico oftalmologista. É este profissional que fará o diagnóstico da obstrução do canal lacrimal e decidirá qual a melhor opção de tratamento. Caso a solução proposta seja a realização de uma dacriocistorrinostomia endonasal endoscópica, o paciente é encaminhado para a avaliação do otorrinolaringologista.

IORJ


Lembre-se: O médico oftalmologista é o único profissional capacitado para realizar o diagnóstico preciso e indicar o tratamento mais adequado para cada caso. Portanto, não pratique a auto-medicação e procure sempre o seu médico.